CANTANDO A VIDA! "Viver é não ter a vergonha de ser feliz, E, cantar e cantar e cantar... A beleza de ser um eterno a...
E o poeta canta: ...não ter a vergonha de ser feliz! Vergonha, não temos , creio eu. Todos buscamos ser felizes. O que tem...
Penso mesmo que esse eterno buscar é o que nos mantém vivos, acordados para o viver. Essa procura é a chama que ilumina no...
Nosso espírito, é um eterno garimpeiro de pedras preciosas, que a vida nos deve ou nos promete; pérolas de amor, ametistas...
O poeta nos manda cantar o viver. Será que o poeta não sabe, que esse cantar está se tornando cada dia mais complicado par...
O que importa é que a vida é nossa, e a necessidade de administrá-la é nosso dever de casa. Embora nem sempre demos conta,...
E... ser sábio em aprender cada dia a apreender os fatos e as soluções . Já que ninguém tem vontade de deixar de viver, va...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

CANTANDO A VIDA

715 visualizações

Publicada em

CANTANDO A VIDA

Publicada em: Espiritual, Diversão e humor
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
715
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
20
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
12
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

CANTANDO A VIDA

  1. 1. CANTANDO A VIDA! "Viver é não ter a vergonha de ser feliz, E, cantar e cantar e cantar... A beleza de ser um eterno aprendiz!" - Gonzaguinha- Viver, a mais difícil entre todas as artes. Até Van Gogh, meu preferido, apanhou nesta arte. A vida , não costuma fazer ,conosco, parceria! Pelo contrário, muitas vezes faz papel de advogado do diabo. Puxa nosso tapete!
  2. 2. E o poeta canta: ...não ter a vergonha de ser feliz! Vergonha, não temos , creio eu. Todos buscamos ser felizes. O que temos nessa busca, é um complicador. Nem sempre nossas buscas, coincidem com as chances que temos. E em outras vezes, ao alcançarmos uma meta perseguida, outra já nos faz cócegas... Ah! a alma humana, essa eterna insatisfeita.
  3. 3. Penso mesmo que esse eterno buscar é o que nos mantém vivos, acordados para o viver. Essa procura é a chama que ilumina nossa alma ensimesmada por tão grandes conflitos e tão escassas alegrias.
  4. 4. Nosso espírito, é um eterno garimpeiro de pedras preciosas, que a vida nos deve ou nos promete; pérolas de amor, ametistas de respeito, rubis de carinho, brilhantes de amizade, topázios de saúde, esmeraldas de esperanças...
  5. 5. O poeta nos manda cantar o viver. Será que o poeta não sabe, que esse cantar está se tornando cada dia mais complicado para maioria de nós? Há quem diga, que sempre foi complicado. Há quem diga que o ser humano, não dá conta de acompanhar a rapidez dos fatos. Quem tem razão, não nos importa.
  6. 6. O que importa é que a vida é nossa, e a necessidade de administrá-la é nosso dever de casa. Embora nem sempre demos conta, essa conta é só nossa! Cantar, mesmo que sem voz! Ainda que nosso eu peça o silêncio das línguas cansadas, que nos fala a canção. Buscar, mesmo que tudo nos pareça perdido.
  7. 7. E... ser sábio em aprender cada dia a apreender os fatos e as soluções . Já que ninguém tem vontade de deixar de viver, vamos enxergar a beleza de ser um eterno aprendiz! Ercília Ferraz de Arruda Pollice Música: Gonzaguinha O que é - R. Clayderman Felicidade Realmgem; [email_address] www.pranos.com.br

×