Brisa
Você é meu sopro de vida, brisa terna e envolvente - aragem leve e sentida roçando no corpo da gente!
É a cascata escondida, sussurrando bem baixinho, dando o adeus da despedida ao correr pelo caminho!
É do campo a relva verde toda coalhada de flor, que mata a fome e a sede do tão frágil Beija Flor!
É a luz do sol poente escondendo na montanha... deixando saudade na gente, mesmo antes que se ponha!
Você é o céu estrelado em noite de lua cheia... é o amor mais amado, é fogo que incendeia!
É, então, tudo afinal: princípio, meio e fim, o mundo pleno e total guardado dentro de mim! AMASardenberg
Brisa Antonio Manoel Abreu Sardenberg Site  Alma de Poeta www.sardenbergpoesias.com.br Arte Rita Bello sair
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

BRISA

357 visualizações

Publicada em

BRISA

Publicada em: Saúde e medicina, Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
357
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
15
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

BRISA

  1. 1. Brisa
  2. 2. Você é meu sopro de vida, brisa terna e envolvente - aragem leve e sentida roçando no corpo da gente!
  3. 3. É a cascata escondida, sussurrando bem baixinho, dando o adeus da despedida ao correr pelo caminho!
  4. 4. É do campo a relva verde toda coalhada de flor, que mata a fome e a sede do tão frágil Beija Flor!
  5. 5. É a luz do sol poente escondendo na montanha... deixando saudade na gente, mesmo antes que se ponha!
  6. 6. Você é o céu estrelado em noite de lua cheia... é o amor mais amado, é fogo que incendeia!
  7. 7. É, então, tudo afinal: princípio, meio e fim, o mundo pleno e total guardado dentro de mim! AMASardenberg
  8. 8. Brisa Antonio Manoel Abreu Sardenberg Site Alma de Poeta www.sardenbergpoesias.com.br Arte Rita Bello sair

×