AFRICANISSIMA

534 visualizações

Publicada em

AFRICANISSIMA

Publicada em: Negócios
1 comentário
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Continuo insistinto. Um belo trabalho, com nenhum comentário. Que tal editar de novo, com as tags '1950', 'Mandela' 'Africa', 'Apartheid', 'Angola', 'South Africa'... and others. I remember you: just the tag '1950' willl give you thousands of pages on Google.
    Perhaps you don't remember alll your 5 thousands works here. But I will show you the zero memory, i.e., 'No Comments' on your works. They are good. But they have no memory, no footprints, and we can't follow them on SlideShare.
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
534
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
12
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
1
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

AFRICANISSIMA

  1. 1. Deixe o slide mover sozinho conforme a apresentação e a música.
  2. 2. ÁFRICA
  3. 3. <ul><li>No início era escuridão </li></ul><ul><li>Em meio a solidão, Deus se fez presente. </li></ul>
  4. 4. <ul><li>Clemente, criou, estrelas, planetas e a Terra. </li></ul>
  5. 5. <ul><li>Na Terra, um centro, </li></ul><ul><li>E dentro dela, a ÁFRICA. </li></ul>
  6. 6. <ul><li>África que hoje soluça </li></ul><ul><li>Acusa e pede ajuda para refazer, </li></ul><ul><li>Crescer, e continuar a merecer </li></ul><ul><li>Ser o centro da Terra </li></ul><ul><li>Sem guerras internas, em PAZ. </li></ul>
  7. 7. <ul><li>Capaz de ser no mundo </li></ul><ul><li>Um profundo, fértil coração. </li></ul><ul><li>Pois solidão foi só no início </li></ul><ul><li>E o início era escuridão. </li></ul>
  8. 8. ATÉ QUANDO ÁFRICA? <ul><li>Até quando suas crianças vão ter que chorar? </li></ul>
  9. 9. <ul><li>Até quando suas mulheres vão ter que </li></ul><ul><li>esperar por nós? </li></ul><ul><li>Até quando suas mães vestirão o luto? </li></ul>
  10. 10. <ul><li>Até quando conviverá com </li></ul><ul><li>a indiferença e intolerância? </li></ul><ul><li>Até quando assistirá seus filhos partirem? </li></ul>
  11. 11. <ul><li>ÁFRICA !!! </li></ul><ul><li>Seus filhos hão de voltar. </li></ul><ul><li>Tu és majestosa !!! </li></ul><ul><li>Tu és fabulosa e vislumbrante. </li></ul>
  12. 12. <ul><li>Tu és a mais linda mulher por quem </li></ul><ul><li>o homem pode se apaixonar. </li></ul><ul><li>Tuas são as entranhas mais aconchegantes. </li></ul>
  13. 13. <ul><li>E teus foram os seios dos quais me </li></ul><ul><li>alimentei, fazendo-me o robusto </li></ul><ul><li>rapaz que hoje sou. </li></ul><ul><li>Havemos de voltar !!! </li></ul>
  14. 14. <ul><li>Teus filhos em breve estarão de volta, </li></ul><ul><li>Trazendo-te os netos de todas as raças. </li></ul>
  15. 15. <ul><li>Em nossa festa serão abertos </li></ul><ul><li>os livros das exilados </li></ul><ul><li>e neles acharemos as estrofes para as </li></ul><ul><li>nossas canções, os versos da PAZ. </li></ul>
  16. 16. <ul><li>As armas terão que silenciar </li></ul><ul><li>dando lugar aos tambores. </li></ul>
  17. 17. <ul><li>As aldeias serão novamente povoadas. </li></ul><ul><li>A fauna estará agradecendo. </li></ul>
  18. 18. <ul><li>Pelos Deuses seremos aplaudidos </li></ul><ul><li>e nossos mortos hão de comemorar </li></ul><ul><li>o RETORNO. </li></ul><ul><li>Texto de Abdu Ferraz </li></ul>
  19. 19. “ Nascemos para manifestar a glória do Universo que está dentro de nós. Não está apenas em um de nós: está em todos nós. E conforme deixamos nossa própria luz brilhar, inconscientemente damos às outras pessoas permissão para fazer o mesmo. E conforme nos libertamos do nosso medo, nossa presença, automaticamente, libera os outros. “ * Nelson Mandela * Criação: Rogéria Callado [email_address]

×