À mulher iraniana foi proibido o canto Dalva Agne Lynch
À mulher iraniana foi proibido o canto. Não lhe proibiram o grito o lamento o gemido. São seus direitos - seus únicos dire...
Agora querem proibir também os pássaros de anunciar a manhã. Afinal seu canto pode despertar asas - as asas negras silente...
Dalva Agne Lynch São Paulo/SP - Brasil, 57 anos, Escritora Profissional http://recantodasletras.uol.com.br/autor.php?id=20...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

A MULHER IRANIANA FOI PROIBIDO O CANTO

528 visualizações

Publicada em

A MULHER IRANIANA FOI PROIBIDO O CANTO

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
528
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
15
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A MULHER IRANIANA FOI PROIBIDO O CANTO

  1. 1. À mulher iraniana foi proibido o canto Dalva Agne Lynch
  2. 2. À mulher iraniana foi proibido o canto. Não lhe proibiram o grito o lamento o gemido. São seus direitos - seus únicos direitos. Mas foi-lhe proibido o acalanto a cantiga de roda e todos os cantos de amor porque o amor da mulher iraniana também foi proibido
  3. 3. Agora querem proibir também os pássaros de anunciar a manhã. Afinal seu canto pode despertar asas - as asas negras silentes da mulher iraniana. E, apesar de muda ela poderia aprender a voar. (09/09/07)
  4. 4. Dalva Agne Lynch São Paulo/SP - Brasil, 57 anos, Escritora Profissional http://recantodasletras.uol.com.br/autor.php?id=20973 By Carmen Máximo Ribeiro

×