 Cabanagem no Pará, que provocou a morte
de mais de 30.000 pessoas, 20% da
população
 Guerra dos Farrapos no sul, que me...
Num ranking de 153 nações, o Brasil
ocupa o 74º lugar de "país mais pacífico
do mundo", ou seja, está longe de ser
consid...
 1789 – A
Inconfidência Mineira
 1822 – Independência
do Brasil
 1824 - Confederação
do Equador
 1834 – Cabanagem
 18...
 Filme: Beleza
Americana
 Retrata a vida e a
destruição de uma
família da classe média
americana, através da
narrativa f...
Chuck Berry Elvis
Presley
Bill
Haley
Porto Rico, em 1824
Argentina, em 1831
México, em 1845 e 1847
Nicarágua, em 1857
Província do Panamá e novamente na
N...
GUERRA DO IRAQUE ATAQUE DE 11 DE SETEMBRO
“O 11 de Setembro foi um jogo, visando a
influenciar as emoções da humanidade, e
que não deixaram de ser um pretexto para...
Concebido por SUPERINTERESSANTE e
realizado em agosto último pela empresa
paulista Feedback, o inquérito abrangeu 1
200 r...
Século XVI Bárbaro selvagem / bom gentio
Século XVII Grosseiro / exótico
Século XVIII Taciturno (silencioso) / alegre
Sécu...
Os motins eram uma das vias de resistência dos
negros contra a escravidão.
Os povos indígenas que protestam contra as decisões do
governo para esgotar os recursos naturais com fins
lucrativos.
Protestos contra violência e preconceito.
REVOLTAS NATIVISTAS, COMO GUERRA
DOS EMBOABAS.
MOVIMENTOS PELA
INDEPENDÊNCIA, COMO
INCONFIDÊNCIA MINEIRA.
Moradores de rua: a inclusão de uma “igualdade
perante a lei” .
Diretas Já foi um movimento civil de reivindicação por
eleições presidenciais diretas no Brasil ocorrido em 1983-
1984. Ma...
 Viaduto que não liga
nada a lugar
nenhum.
 O governo está
investindo dinheiro
publico para ensinar
profissionais do sexo
a aprender idiomas
preparando o
mercado se...
 O mesmo brasileiro que chama os políticos de ladrões
é o que fura uma fila quando encontra um conhecido
numa espera quil...
 CNN fez uma enquete em que as pessoas que
votaram elegeram o Brasil como o lugar mais
interessante e com o povo mais leg...
O mercado de telefones celulares
do Brasil é o segundo do
mundo, com 650 mil novas
habilitações a cada mês.
O Brasil é o s...
Nós somos a sexta maior economia
do mundo.
Nós somos o país do futebol, a
única seleção do mundo
pentacampeão.
Numa pesqui...
Le Brésil, ce n’est pas un pays serieux
- Atribuida a Charles de
Gaulle
Traduzindo: "O Brasil não é um país sério."
O ministro Aldo Rebelo encerra a
reportagem dizendo o seguinte:
- É muito pouco. Esse é um gesto de
dignidade do país. A ...
O único jeito de levar o Brasil a sério é:
Compreendê-lo. Devemos encarar as
nossas tragédias como instrumentos para
a co...
O Brasil tem jeito, sim. Desde que nós
paremos de buscar soluções nas formas
erradas (como assistencialismo) e
deixemos n...
A solução para o Brasil está em nós, o
povo (empreendedores, trabalhadores e
classe média), não nas elites políticas e
ec...
O brasil revolucionario e como modificar a nossa realidade
O brasil revolucionario e como modificar a nossa realidade
O brasil revolucionario e como modificar a nossa realidade
O brasil revolucionario e como modificar a nossa realidade
O brasil revolucionario e como modificar a nossa realidade
O brasil revolucionario e como modificar a nossa realidade
O brasil revolucionario e como modificar a nossa realidade
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

O brasil revolucionario e como modificar a nossa realidade

477 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
477
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O brasil revolucionario e como modificar a nossa realidade

  1. 1.  Cabanagem no Pará, que provocou a morte de mais de 30.000 pessoas, 20% da população  Guerra dos Farrapos no sul, que mesmo sendo elitista proclamou não só uma, mas duas repúblicas independentes  Revolta da Chibata, do esquecido negro João Cândido, que capturou os principais navios brasileiros na luta contra os maus tratos sofridos pelos marinheiros
  2. 2. Num ranking de 153 nações, o Brasil ocupa o 74º lugar de "país mais pacífico do mundo", ou seja, está longe de ser considerado um território tranquilo, onde se possam educar os filhos com segurança.
  3. 3.  1789 – A Inconfidência Mineira  1822 – Independência do Brasil  1824 - Confederação do Equador  1834 – Cabanagem  1835 a 1845 – A Revolução Farroupilha  1837 – Sabinada  1838 - Balaiada  1864 – Guerra do Paraguai  1897 – Guerra dos Canudos  1908 – A Revolta da Vacina
  4. 4.  Filme: Beleza Americana  Retrata a vida e a destruição de uma família da classe média americana, através da narrativa feita pelo seu personagem central, Lester Bunham, marido da estereotipada mulher, Carolyn, e pai de uma filha única adolescente.
  5. 5. Chuck Berry Elvis Presley Bill Haley
  6. 6. Porto Rico, em 1824 Argentina, em 1831 México, em 1845 e 1847 Nicarágua, em 1857 Província do Panamá e novamente na Nicarágua, em 1860
  7. 7. GUERRA DO IRAQUE ATAQUE DE 11 DE SETEMBRO
  8. 8. “O 11 de Setembro foi um jogo, visando a influenciar as emoções da humanidade, e que não deixaram de ser um pretexto para atacar as regiões muçulmanas e invadir o Iraque e o Afeganistão, matando um milhão de pessoas inocentes", declarou Ahmadinejad.
  9. 9. Concebido por SUPERINTERESSANTE e realizado em agosto último pela empresa paulista Feedback, o inquérito abrangeu 1 200 residentes de seis grandes capitais— São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre, Salvador e Belém—, homens e mulheres, de 15 a 65 anos, de todos os níveis de renda e instrução.
  10. 10. Século XVI Bárbaro selvagem / bom gentio Século XVII Grosseiro / exótico Século XVIII Taciturno (silencioso) / alegre Século XIX Preguiçoso / Vítima dos trópicos Século XX Malandro / homem cordial
  11. 11. Os motins eram uma das vias de resistência dos negros contra a escravidão.
  12. 12. Os povos indígenas que protestam contra as decisões do governo para esgotar os recursos naturais com fins lucrativos.
  13. 13. Protestos contra violência e preconceito.
  14. 14. REVOLTAS NATIVISTAS, COMO GUERRA DOS EMBOABAS. MOVIMENTOS PELA INDEPENDÊNCIA, COMO INCONFIDÊNCIA MINEIRA.
  15. 15. Moradores de rua: a inclusão de uma “igualdade perante a lei” .
  16. 16. Diretas Já foi um movimento civil de reivindicação por eleições presidenciais diretas no Brasil ocorrido em 1983- 1984. Manifestação em Brasília, diante do Congresso Nacional.
  17. 17.  Viaduto que não liga nada a lugar nenhum.
  18. 18.  O governo está investindo dinheiro publico para ensinar profissionais do sexo a aprender idiomas preparando o mercado sexual para a copa do mundo de 2014.
  19. 19.  O mesmo brasileiro que chama os políticos de ladrões é o que fura uma fila quando encontra um conhecido numa espera quilométrica;  O mesmo estudante que protesta de forma violenta e desorganizada contra o aumento da tarifa do transporte público é o mesmo que não devolve o troco que recebeu a mais na padaria da esquina;  A pessoa que reclama dos ladrões da sua cidade é a mesma que não avisa a alguém que a carteira dela caiu no chão e pega os trocados do pobre desatento.
  20. 20.  CNN fez uma enquete em que as pessoas que votaram elegeram o Brasil como o lugar mais interessante e com o povo mais legal do mundo.  Embratur (Empresa Brasileira de Turismo) fez uma pesquisa com turistas que mostrou que, para 52% deles, o que o Brasil tem de melhor é o seu povo. E 94% disseram que somos tolerantes a todas as religiões e culturas.  Outro dado da pesquisa da Embratur: para 70%, ninguém de fora nos ameaçará com guerras ou ataques terroristas.
  21. 21. O mercado de telefones celulares do Brasil é o segundo do mundo, com 650 mil novas habilitações a cada mês. O Brasil é o segundo maior mercado de jatos e helicópteros executivos. O Brasil é o único país do hemisfério sul que está participando do Projeto Genoma. O Brasil tem um dos maiores mercados editoriais, publicando mais de 50 mil livros ao ano. Das crianças e adolescentes entre 7 a 14 anos, 97,3% estão estudando. Sistema bancário mais moderno do planeta. Das empresas brasileiras, 6.890 possuem certificado de qualidade ISO-9000, maior número entre os países em desenvolvimento. No México, são apenas 300 empresas e 265 na Argentina. Agências de publicidades do Brasil são as mais premiadas mundialmente, mostrando a criatividade e talento do nosso povo. No Brasil, há 14 fábricas de veículos instaladas e outras 4 se instalando, enquanto alguns países vizinhos não possuem nenhuma. O Brasil vai liderar o maior estudo com células-tronco adultas para tratamento de doenças do coração já realizado no mundo, pela quantidade de casos a serem avaliados e pelo número de instituições envolvidas.
  22. 22. Nós somos a sexta maior economia do mundo. Nós somos o país do futebol, a única seleção do mundo pentacampeão. Numa pesquisa envolvendo 50 cidades de diversos países, a cidade do Rio de Janeiro foi considerada a mais solidária. Mesmo sendo um país em desenvolvimento, os internautas brasileiros representam uma fatia de 40% do mercado na América Latina.
  23. 23. Le Brésil, ce n’est pas un pays serieux - Atribuida a Charles de Gaulle Traduzindo: "O Brasil não é um país sério."
  24. 24. O ministro Aldo Rebelo encerra a reportagem dizendo o seguinte: - É muito pouco. Esse é um gesto de dignidade do país. A sociedade que não sabe reconhecer seus filhos mais importantes, que elevaram o nome da pátria, perde a dignidade. Que o Brasil nunca se esqueça.
  25. 25. O único jeito de levar o Brasil a sério é: Compreendê-lo. Devemos encarar as nossas tragédias como instrumentos para a compreensão do que fazemos e o que temos que mudar, individual e socialmente.
  26. 26. O Brasil tem jeito, sim. Desde que nós paremos de buscar soluções nas formas erradas (como assistencialismo) e deixemos nossa omissão de opinar e exigir mudanças junto à classe política.
  27. 27. A solução para o Brasil está em nós, o povo (empreendedores, trabalhadores e classe média), não nas elites políticas e econômicas.

×