O Arranque Industrial

1.196 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.196
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
477
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
17
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O Arranque Industrial

  1. 1. O ARRANQUEINDUSTRIAL
  2. 2. INTRODUÇÃO:O processo de industrialização em Inglaterra teve início nasegunda metade do séc. XVIII.Teve como impulso, alguns factores: avanços agrícolas; dinâmica demográfica; alargamento dos mercados; capacidade empreendedora dos britânicos; avanço tecnológico.
  3. 3. “A inovação tecnológica é um processo que tende a acelerar-se”Este processo a que chamamos “inovação tecnológica”, trouxevários despedimentos como já seria de esperar pois asmáquinas produziam mais e faziam melhor o trabalho que osoperáriosrealizavam anteriormente.
  4. 4. ANTES DA REVOLUÇÃO INDUSTRIAL: Antes da Revolução, a actividade predominante era oartesanato. Mais tarde, os artesãos com a entrada de algumasmáquinas tiveram de dividir o trabalho para quenenhum fosse despedido.Esse trabalho artesanal erarealizado em oficinas, em casas dos mesmos.
  5. 5.  Com a Revolução, os trabalhadores perderam totalmente ocontrole do processo produtivo pois, começaram a trabalharpara um patrão, perdendo a matéria-prima e os lucros quedantes ficavam para si próprios. Os trabalhadores apenas passaram a controlar as máquinasque pertenciam aos donos que recebiam os lucros.
  6. 6. 1ª-REVOLUÇÃO INDUSTRIAL (1760 -1850) Revolução Industrial é o nome dado, ao conjunto detransformações técnicas , económicas e sociais caracterizadaspela substituição da energia física (mão de obra humana) pelaenergia mecânica (máquinas) o que trouxe uma nova relaçãocom o capital pois antigamente o homem trabalhava e sabia oque ia ganhar pelo seu trabalho. Com as máquinas produziamais e num espaço de tempo menor, o que fazia com quefacturasse muito mais do que o esperado.
  7. 7.  A 1ª-Revolução Industrial teve início em Inglaterra, nasegunda metade do século XVIII, tendo-se expandido peloresto da Europa em meados do século XIX.
  8. 8. DURANTE A 1ª - R.INDUSTRIAL A expansão industrial trouxe consigo muitas mudanças quenão foram só a nível económico, como seria de esperar. Essasmudanças provocaram um crescimento populacionaldesproporcional que transformou não só o regimedemográfico como os comportamentos e estilos de vida. Os problemas do urbanismo e da emigração surgem.
  9. 9.  Alterou ainda, a estrutura da sociedade que passou adefinir-se com sociais que se hierarquizavam segundo arelação que tinham com o processo produtivo: • alta burguesia (capitalistas); • classe média (serviços técnicos) • operariado (trabalhadores);
  10. 10. 2ª-REVOLUÇÃO INDUSTRIAL ( 1850-1870) Iniciada na segunda metade do século XIX, envolveu umasérie de desenvolvimentos como por exemplo na indústriaquímica. Outros progressos essenciais neste período incluem aintrodução de navios de aço movidos a vapor, odesenvolvimento do avião, a produção em massa de bens deconsumo, o enlatamento de alimentos, refrigeração mecânica eoutras técnicas de preservação dos mesmos e a invenção dotelefone.
  11. 11.  A 2ª- Revolução Industrial foi o melhoramento eaperfeiçoamento das tecnologias da Primeira Revolução. Nesta 2ª- Revolução temos características como: - forte desenvolvimento tecnológico; - inovações importantes no melhoramento dascondições de vida de algumas pessoas;
  12. 12. - Novas potências industriais - Estados Unidos e Alemanha despontamcomo grandes potências industriais e económicas,juntos com Inglaterra e França;
  13. 13. -O êxodo rural é motivado pelos empregos gerados nasindústrias das cidades; - Utilização do gás e petróleo como combustíveis efontes importantes de geração de energia. O carvão mineralcomeça, aos poucos, a ficar em segundo plano;
  14. 14. - Uso da energia eléctrica na iluminação urbana,residencial e industrial; - Utilização do sistema de linha de produção nasindústrias.
  15. 15. P R I N C I PA I S I N V E N Ç Õ E STECNOLÓGICAS DESTE PERÍODO: Prensa Móvel TelefoneRádioFita EléctricaMicrofoneRefrigerador
  16. 16. Antena Filme FotográficoCinemaAutomóvelLâmpada Eléctrica Fonógrafo Raio X
  17. 17. PRENSA MÓVEL
  18. 18. TELEFONE
  19. 19. RÁDIO
  20. 20. FITA ELÉCTRICA
  21. 21. AUTOMÓVEL
  22. 22. FONÓGRAFO
  23. 23. ALTERAÇÕES SOCIAIS OS OPERÁRIOS: Os salários eram muito baixos, o que levou a empregarcrianças e mulheres; Os empregados chegavam a trabalhar 18 horas por dia eainda estavam sujeitos a “castigos físicos” dos patrões; Não tinham quaisquer direitos como férias, auxílio nadoença, descanso semanal ou qualquer outro benefício; Quando desempregados não tinham nenhum auxílio.
  24. 24. OS SALÁRIOS ERAM MUITO BAIXOS, O QUE LEVOU A EMPREGAR CRIANÇAS E MULHERES
  25. 25. AS FÁBRICAS: No início da Revolução Industrial, não tinham quaisquercondições de trabalho; Não tinham iluminação, eram sujas e abafadas; Eram maioritariamente construídas perto das áreas deexploração de matéria prima onde se “construíam” barracasonde moravam os operários.
  26. 26. “CASA” DO OPERARIADO
  27. 27. LUTA OPERÁRIA Os trabalhadores organizavam-se para reivindicar melhorescondições de trabalho; Formaram as “trade unions” que eram uma espécie desindicatos; Existiram movimentos mais violentos como destruir asmáquinas os chamados ludistas que praticavam o ludismo.
  28. 28. LUDISMO
  29. 29. CURIOSIDADE: Abraham Darby (1671-1717), ferreiro resolveu o problemado combustível necessário ao sector industrial na fusão doferro, o coque em vez de carvão vegetal. Este coque, é obtidoa partir da hulha, muito abundante no subsolo inglês. O uso docoque, ao contrário do carvão de madeira, que levava ao abatede árvores colocava grandes entraves á expansão da indústria.
  30. 30. ABRAHAM DARBY
  31. 31. CONCLUSÃO: A Revolução Industrial, tornou os métodos de produção maiseficientes. Os produtos passaram a ser fabricados maisrapidamente com a utilização das máquinas, baixando os preços eaumentando com isso o consumo. Por outro lado, aumentoutambém o número de desempregados, sendo que as máquinasforam substituindo, progressivamente, o trabalho humano.
  32. 32.  As empresas passaram a procurar pessoas qualificadas paraocuparem cargos que exigiam cada vez mais criatividade eperspicácia. Mesmo nos países desenvolvidos existia falta deemprego para grande parte (maioria) da população.
  33. 33. WEBGRAFIA: 09.12.2012 http://pt.wikipedia.org/wiki/Revolu%C3%A7%C3%A3o_Industrial http://www.suapesquisa.com/industrial/https://www.google.pt/search?q=revolu%C3%A7%C3%A3o+industrial&hl=pt-PT&prmd=imvns&tbm=isch&tbo=u&source=univ&sa=X&ei=BpCdUMafA-fH0QXun4GYCg&sqi=2&ved=0CCcQsAQ&biw=1280&bih=675
  34. 34.  http://www.ufv.br/dee/evonir/46103.htmhttp://www.webdigital.com.br/sites/jmanoel52983/conteudo_03.htmlhttp://pt.wikipedia.org/wiki/Segunda_Revolu%C3%A7%C3%A3o_Industrial http://www.suapesquisa.com/industrial/segunda_revolucao.htm https://www.google.pt/search?hl=pt-PT&biw=1280&bih=675&q=2%C2%AA+revolu%C3%A7%C3%A3o+industrial&bav=on.2,or.r_gc.r_pw.r_qf.&bpcl=38093640&wrapid=tlif135250345814010&um=1&ie=UTF-8&tbm=isch&source=og&sa=N&tab=wi&ei=e5CdUJ6cMbSM0wWgj4GoCw

×