Isabel Marcos_T1_1201400

202 visualizações

Publicada em

.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
202
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Isabel Marcos_T1_1201400

  1. 1. Educação Aberta e a Distância é-Fólio A Docente: Lina Morgado Isabel Marcos Nº 1201400 Ano letivo 2014/2015
  2. 2. Introdução Neste trabalho vou falar sobre os conceitos de educação a distância, educação aberta e as diferentes gerações que a caracterizam ao longo da sua evolução. Caracterização dos modelos pedagógicos, das ferramentas, do papel do professor e suas interações com o aluno e o papel do aluno nas três gerações estudadas.
  3. 3. Educação aberta e a distância Educação aberta, esta expressão é muitas vezes usada de modo ambíguo, sendo frequentemente associada, como se fosse sinónimo de educação a distância. De facto, as duas expressões remetem para duas realidades diferentes. O termo aberto refere-se à inexistência de constrangimentos no acesso ao ensino ou estabelecimento de condições mínimas de acesso. Podemos, ainda, usar o conceito de abertura no sentido do ritmo e da liberdade dos métodos de estudo, para isso assumem-se vários graus de abertura nos seus programas de estudo.
  4. 4. Educação a distância Educação a distância aplica-se hoje de modo preferencial quando se fala de ensino a distância, pois no termo educação estão reunidas as duas vertentes correlativas - ensino e aprendizagem;  o professor e os alunos encontram-se em locais separados espacial e/ou temporalmente, estando dependentes de algum tipo de tecnologia para transferir informações ou para interagir, como por exemplo, material impresso, rádio, televisão, conferência por computador, e-mail, vídeo interativo e material multimédia são, em geral, tecnologicamente modos de disseminar informação e providenciar a relação estudante-professor.
  5. 5. As 3 Gerações de Ensino a distância e caracterização do modelo pedagógico 1ª Geração- Ensino por correspondência ( Pedagogia Cognitivo- Behaviorista) Centrado no conhecimento, transmissão do conhecimento. A transmissão do conhecimento, o tipo de informação e o equilíbrio entre as actividades, são o maior objectivo deste modelo de modo a promoverem a compreensão e o desenvolvimento de competências nos alunos. 2ª Geração-Multimédia(Pedagogia Socioconstrutivista) Centrado no conhecimento e no estudante. 3ª Geração- Educação em rede(PedagogiaConectivista) Centrado no estudante e na comunidade, caracterizam-se por um ensino baseado em actividades e experiências que motivem os aprendentes;  Interacções sociais e normas que valorizem a procura de compreensão;  Ambientes assíncronos, que permitem aos alunos, tempo para pensarem e reflectirem sobre as contribuições dos seus pares e professores.
  6. 6. Papel do Professor e sua interação com o Aluno 1ª Geração(ensino por correspondência)  O Professor é visto como o instrutor e treinador;  Organizador e fornecedor de conteúdos.  A interação Professor/aluno apresentava baixos níveis, baseando-se na simples transmissão de conhecimentos. 2ªGeração (Multimédia)  O Professor é o instrutor e treinador,  Organizador, fornecedor de conteúdos e recursos;  Menor distancia transaccional 3ª Geração (Educação em rede)  O Professor é o facilitador e o moderador, estimulando a interação do trabalho colaborativo, os debates, reflexões e a negociação de significados entre estudantes.
  7. 7. Ferramentas utilizadas 1ª Geração(ensino por Correspondência)  Cursos de instrução entregues pelo correio, denominado ensino por correspondência, devido à invenção de uma nova tecnologia – Correio postal;  Comunicação por correspondência, um-para-um e um-para-muitos, bidirecional. 2ª Geração( Multimédia)  Aparecimento da rádio e televisão;  Programas de rádio síncronos e se assíncronos (se gravados);  Bidirecional (livros, kits de estudo/experiencias).
  8. 8. Ferramentas utilizadas (Continuação) 3ª Geração (Educação em rede)  Computadores em rede, correio eletrónico;  Ferramentas síncronas (chat) ou assíncronas (fóruns e listas de discussão);  Comunicação de muitos para muitos permitindo a interação entre estudantes e professores e entre estudantes e estudantes.
  9. 9. Papel do Aluno 1ª Geração(Ensino por correspondência) e 2ª Geração (Multimédia)  O estudante deve ser autónomo  auto - dirigido, motivado e organizado.  Respeitar o modo de aprendizagem independente. 3ª Geração (Educação em rede)  O estudante deve gostar de interagir com os colegas e professores;  Aprender colaborativamente;  Estar aberto a partilhar experiencias, ser flexível;  Aceitar o pensamento crítico e a tomada de decisões como parte do processo de aprendizagem.
  10. 10. Conclusão Concluindo, a Educação a Distância vai-se impondo na sociedade actual, seja pela emergência das tecnologias da informação, como também pela necessidade cada vez maior de conhecimento e formação. Com este tipo de ensino, determinados conceitos sofreram alterações, conceitos como curso, presencialidade, papel do professor, aula, assim como tempo e espaço, tornaram-se mais flexíveis, permitindo “estarmos todos presentes em muitos tempos e espaços diferentes”. Papel do professor é reformulado, passando de “transmissor de dados a um supervisor um animador, um incentivador dos alunos no processo de aprendizagem”, por sua vez, os alunos passam a definir o seu próprio ritmo de aprendizagem o que levará a uma maior democratização no acesso / frequência.
  11. 11. Bibliografia  Vídeo1-Evolução do EaD em Portugal: da criação da UAb ao MPV; (exposto na UC, Plano de trabalho)  Vídeo 2- Universidade aberta Portuguesa; (exposto na UC, Plano de trabalho)  Vídeo 3- Gerações EaD - Ana Neves, 2007; (exposto na UC, Plano de trabalho);  “Três Gerações de Pedagogia de Educação a Distância” Terry Anderson e Jon Dron, EAD em Foco (Revista Cientifica em Educação a Distância);  J. Vermeersch (coord.). (2006). “Iniciação ao Ensino a Distância”, Brussel, Het Gemeenschasonderwijs. [e-book]

×